Retrospectiva: 40 anos de Apple

6.4.2016

 

 

4o Anos de Apple

 

Em abril de 1976 nascia, dentro de uma garagem na Califórnia, a Apple. A empresa foi fundada por dois Steves: Jobs e Wozniak. Desde então, ela deixou a garagem do pai de Jobs para ser a empresa mais valiosa de todo o mundo. Como ela chegou até esse posto? Lançando produtos incríveis e inovadores ao longo de sua existência.

O Apple II popularizou computadores pessoais trazendo a revolução da informática até as casas das pessoas. O iPod e o iTunes mudaram a forma como consumimos e compramos música. O iPhone mudou como enxergamos e interagimos com o mundo ao nosso redor.

Veja a seguir dez grandes produtos que a Apple lançou (e continua lançando) ao longo de seus 40 anos.

 

Apple II
 

O primeiro grande sucesso da empresa fundada por Steve Jobs e Steve Wozniak foi o computador pessoal Apple II. O produto era sucessor do Apple I, um computador que funcionava dentro de uma caixa de madeira. Não é pouco dizer que o Apple II mudou o mundo. O produto massificou o mercado de computação pessoal. Foi com ele que a Apple se alçou de uma empresa de garagem a uma gigante da tecnologia.

Dois outros modelos foram apresentados como sucessores da linha: o Apple II Plus (em 1979) e o Apple IIe (em 1983).

 

 

Macintosh
 

Tente imaginar a sua experiência em um computador sem um mouse. Parece impossível, certo? O mouse foi uma das novidades que acompanhavam o Macintosh, computador pessoal lançado em 1984. É verdade que a ideia do mouse foi adaptada (ou roubada, para alguns) da Xerox.

Junto, veio também a interface gráfica. Com o Macintosh não era mais preciso usar linhas de comando para utilizar o computador--o que permitiu uma popularização ainda maior das máquinas. O Macintosh foi lançado com memória de 128 KB. Meses depois, no entanto, a empresa percebeu que era preciso aumentar essa capacidade e lançou um novo modelo com quatro vezes mais memória.

 

 

iMac
 

O lançamento do iMac marcou a volta de Steve Jobs à Apple em 1998. A primeira versão desse computador chegou com um design totalmente revolucionário para a época: o monitor (que também armazenava o desktop do PC) era arredondado e vinha em diversas cores.

Além disso, o novo computador da Apple adotou as portas USB, que foram amplamente incluídas nos PCs de outras marcas. Desde seu lançamento, o iMac já passou por diversas mudanças e, agora, já está em sua oitava versão.

 

 

iPod
 

No dia do lançamento do iPod, em 2001, Jobs disse: “A música não tem fronteiras e nós amamos música. Com o iPod nós vamos fazer uma revolução na música digital”.

Ele estava certo. O gadget mudou a maneira como as pessoas escutam músicas, pois permitiu que milhares de canções pudessem ser armazenadas digitalmente em apenas um lugar. Antes, elas eram gravadas em CDs, fitas e discos de vinil e ouvidas no antigo Walkman.

O iPod mudou muito desde sua apresentação 15 anos atrás. Ele já apareceu em diversas versões (Shuffle, Nano, Touch) e sua capacidade começou a variar conforme o modelo, podendo chegar a até 128 GB (Touch) -- com o iPod clássico era possível gravar até 160 GB de conteúdo.

 

 

iTunes
 

Quantos mercados a Apple poderia revolucionar?

Para responder, é melhor você não se ater somente à tecnologia. Com o iTunes, a Apple mudou a forma como a música é consumida e vendida. A grande surpresa na história do iTunes foi a abertura para que ele pudesse ser instalado e usado no sistema Windows—algo a que Steve Jobs foi ferrenho opositor por bastante tempo.

 

 

iPhone
 

O iPhone é o produto mais vendido pela Apple em seus 40 anos de história. As chances de que você tenha um produto derivado do iPhone em seu bolso são gigantescas.

Antes dele, celulares não tinham grandes telas touchscreen e eram acompanhados de teclados físicos. Não fosse o iPhone, talvez ainda vivessemos em um mundo dominado por produtos parecidos com os produtos antigos da BlackBerry. De quebra, o iPhone ainda trouxe a App Store (sobre a qual você lê a seguir).

Desde o lançado em 2007, o iPhone já foi atualizado 13 vezes.

 

 

App Store
 

E o que seria de um smartphone sem uma vasta disponibilidade de apps? A App Store apareceu no iOS 2, lá em 2008. Desde então, a Apple já registrou 1,4 milhão de apps cadastrados e mais de 100 bilhões de downloads.

Aplicativos são a alma de smartphones e tablets do mundo inteiro. A loja de aplicativos conecta com simplicidade usuários dispostos a baixar ou comprar conteúdo e desenvolvedores—que têm nesses aplicativos seus grandes negócios.

 

 

MacBook Air
 

No evento no qual o MacBook Air foi anunciado, Steve Jobs levou o notebook ao palco dentro de um envelope. Tudo isso para mostrar quão dramaticamente baixas eram as medidas do produto. Extremamente leve e fino, o Air inaugurou uma torrente de notebooks finos (ou ultrabooks, caso você prefira) de outras fabricantes.

Graças ao MacBook Air, ficou fácil carregar seu notebook na bolsa ou na mochila para qualquer lugar.

 

 

iPad
 

“Não temos planos de fazer um tablet”, disse Steve Jobs em entrevista em 2003. Nada que quatro anos não mudasse. A sugestão de criar uma alternativa ao notebook sem que houvesse necessidade de um teclado físico foi o que deu início ao iPad. A ideia de colocar um teclado virtual na tela foi de Jony Ive, designer da empresa.

O iPad marcou o início da categoria dos tablets com força. Os dispositivos podem ser usados tanto para trabalho quanto para diversão--seja consumindo revistas, vídeos ou outras formas de conteúdo.

Até este ano, diversas gerações e modelos foram aparecendo. Além do primeiro, com tela de 9,7 polegadas, a Apple investiu em outros tamanhos. O iPad mini, lançado em 2012, tem tela de 7,9 polegadas. Em 2015 a empresa foi além e lançou o iPad Pro—um produto com tela maior e configurações parrudas para uso entre profissionais.

 

 

Siri
 

A assistente virtual da Apple chegou para abrir um novo caminho. Depois dela, o Google (com Google Now) e a Microsoft (com Cortana) investiram nesse mercado. A Siri ainda não é a ajudante ideal—vide os problemas de reconhecimento de voz e falta de integração com alguns aplicativos. Mesmo assim, é inegável que a ajudante é um produto importante lançado pela Apple em sua existência.

 

 

 

Please reload

Please reload

Apple Certified Technical Assistance

Serviços Certificados em reparos Apple

Excelência e Qualidade é na iGO Solution!

Motorola | Samsung | Sony | LG

Atendimento de qualidade, serviço rápido e satisfação garantida, atendemos também outras marcas (sob consulta)

Central de Atendimento


Shopping 5a Avenida

Rua Alagoas 1314, loja 21A , Belo Horizonte, Minas Gerais

atendimento@igosolution.com.br

Tel.: (31) 3018-0055